Palavras de um apreciador: “Melhor que a melhor do mundo”

002.jpg

Serge, amante de whisky, fundou, em 2002, o blog Whiskyfun.com. Em seu blog ele detalha suas experiências com as bebidas que experimentou ao longo da vida e, claro, relata o que achou de cada uma. Com seu apurado paladar, resolveu apreciar outros tipos de bebidas alcoólicas e, com isso, alimentar seu famoso blog com novos conteúdos.

Por uma enorme coincidência, ao passar pelo Brasil em 2016 durante os Jogos Olímpicos, ele se deparou com uma garrafa da cachaça Morro Vermelho e decidiu experimentar.

Veja só a opinião dele, em tradução livre de sua postagem no blog:

Cachaça alambicada de Minas Gerais, diz ser bastante tradicional, como o nome sugere. É maturada por um ano em madeira de jequitibá, que se assemelha ao mogno, aparentemente.

Coloração: quase branca.

Essência: muito mais intensa que a cachaça Leblon (que também foi avaliada), mais áspera, talvez um pouco mais destilada também, porém com mais daquela brilhante textura que nós gostamos tanto. Possui um toque amadeirado.

Sabor: realmente selvagem, cítrico, apepinado, com um toque de oliva, terroso e amadeirado... O sabor da cachaça Morro Vermelho possui, ainda, notas muito agradáveis de genciana, raízes e aipo.

Notas de saída: médio, muito mais intensas que as notadas na Leblon.

Comentários: Eu acho que nós já encontramos uma cachaça que eu gosto mais do que a melhor cachaça do mundo. Ah, lembra bastante a tequila Patron, conhecida por ser 'a melhor tequila do mundo'.

Essa é a opinião de um profundo apreciador de bebidas destiladas. E você, o que acha da cachaça Morro Vermelho?

O artigo original pode ser encontrado no seguinte link:
http://www.whiskyfun.com/archiveaugust16-1-Bruichladdich-Glenrothes-Longmorn-Ardbeg.html#070816